Homoafetividade e Cristianismo

Um estudo honesto e corajoso das escrituras nos mostrará que a bíblia não condena a homossexualidade principalmente no contexto de relacionamentos responsáveis e baseados no amor.

15 outubro 2007

 

NOVO SITE DA IGREJA DA COMUNIDADE METROPOLITANA


Ja esta no ar o novo Portal da Igreja!
www.icmsp.org
O departamento de comunicação da Igreja esta lançando no novo Portal da ICM – São Paulo.
O novo portal será um meio mais rápido e fácil para se obter qualquer informação sobre a Igreja.
Ele foi totalmente remodelado para facilitar a consulta, possuindo, inclusive, um sistema de busca por palavra-chave.
Visite: www.icmsp.org

Marcadores: , , , , , , , , , ,


26 janeiro 2007

 

08 fevereiro 2006

 

O Holocausto Gay


A primeira organização de defesa dos direitos dos homossexuais surgiu em 1896 na Alemanha que por 35 anos foi dirigida pelo Dr. Magnus Hirschfeld. Lutaram pela abolição do parágrafo 175 do Código Penal Alemão que penalizava a homossexualidade com a prisão. Até que em 1933 os nazistas Destruíram tudo, mais de dez mil livros foram queimados em praça pública.
Durante o período nazista, mais de trezentos mil homossexuais foram mortos nos
campos de concentração. O triângulo rosa, que nos identificava nos campos, é utilizado ainda hoje por várias organizações em todo o mundo como um símbolo contra a opressão a gays e lésbicas.Ao término da guerra, todos os presos tornaram-se livres e muitos ganharam indenização do governo alemão, à exceção dos gays, que tiveram que fugir para não serem presos, já que na Alemanha de então ainda estava em vigor o parágrafo 175.
Por toda a Europa, após a segunda grande guerra surgem vários grupos de defesa dos direitos homossexuais. Alguns existem até os dias de hoje, por exemplo, o COC Centro de Cultura e Lazer na Holanda - 1946, o mais antigo ainda em atividade, que conta atualmente.
Infelizmente, graças a esta abertura dos primeiros deportados gays, a coragem e a atitude das próximas gerações do holocausto nazista, hoje sabemos que foram 90 a 100 mil gays e lésbicas presos entre 1933 e 1945, de 10 a 15 mil somente no apogeu do nazismo.


A discriminação aos homossexuais acontece ainda hoje por conta dos grupos religiosos.
Torturas são cometidas cotidianamente e atrocidades em nome de Cristo e da Bíblia, fazem vítimas fatais e inocentes todos os dias a cada texto bíblico que é interpretado.
São torturas silenciosas, piores do que prisões literais. São torturas mentais que fazem queimar lentamente por dentro, a tortura interna da rejeição familiar, do ódio dos parentes e da repulsa discriminatória dos “irmãos” da igreja.
Em 2004 um grupo de cristãos favoráveis à união homoafetiva, fundaram a IGREJA PARA
TODOS, uma comunidade cristã que tem o objetivo de fazer com que mais pessoas possam reconhecer que Deus não faz acepção de pessoas! Atos 10:34

Pr. Cristiano Valério



03 fevereiro 2006

 

Homoafetividade e Cristianismo


Os mesmos que, usaram a bíblia para “provar” que os brancos eram uma raça superior e que a escravidão era uma instituição estabelecida por Deus, hoje a usam como arma para banir os gays. O tempo passou, hoje as igrejas se envergonham da escravidão e morte dos “hereges” como Galileu e outros... A bíblia não mudou, continua a mesma, mas sua interpretação mudou. Novas informações cientificas e mudanças sociais são alguns dos fatores que contribuem para a mudança e desenvolvimento de nossas crenças. É notório que a consciência cientifica da homossexualidade atual,não existia até o século dezenove. Um estudo honesto e corajoso das escrituras nos mostrará que a bíblia não condena a homossexualidade principalmente no contexto de relacionamentos responsáveis e baseados no amor. A bíblia condena sim a promiscuidade hétero ou homossexual. Não confunda Homossexualidade com Promiscuidade! Deus espera apenas que O reconheçamos como único e suficiente Senhor e Salvador de nossas vidas e nos despojemos das inúmeras mazelas humanas como a violência, o preconceito e a discriminação. Esta obra foi edificada para esclarecer trazer confiança ao cristão no grande amor de Deus. Muitas denominações tem produzido material homofóbico com argumentação contra a homossexualidade, mesmo os mais bem intencionados são textos flagrantemente tendenciosos e sem sinceridade e coerência,baseados na lógica vesga dos religiosos do nosso tempo.
Que a exemplo de Pedro muitos possam reconhecer que "Deus não faz acepção de pessoas” Atos 10:34

Pr.Cristiano Valério

Archives

Fevereiro 2006   Janeiro 2007   Outubro 2007  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?